Resenha: Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter

Nome: Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord
Autora: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Páginas: 352       Ano:  2016     Nota: 5/5
Sinopse: Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.

Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.

Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.

Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.




Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter é o segundo livro da série Números do Amor que contará a história de Isabel e Nicholas. 

O livro já inicia de maneira divertida, com Isabel lidando com mais um dos amigos de seu pai apostadores que a ganharam em um jogo. Entretanto o pretendente está determinado a levar Isabel com ele, mas é interrompido quando seus lacaios o ameaçam com facões e espadas. Após a saída do pretendente Isabel recebe uma carta informando que seu pai acabará de falecer, a deixando no comando da casa.

Em Londres, encontramos Nicholas em um bar com seu amigo, fugindo das pretendentes que surgiram, depois que uma revista publicou que ele era uns dos solteiros mais cobiçados do momento. Porém, logo sua paz acaba quando o Conde Raston lhe procura para que ele ache sua irmã desaparecida ha duas semanas. Essa viagem promete grande surpresas.

"Ela deu um sorriso largo e foi como uma pancada na cabeça. De novo. Quem era aquela mulher?". 



“Lady Isabel era a mulher mais irritante que ele já conhecera. Era um perigo para si mesma e para os outros. Ela podia ter feito os dois morrerem, pelo amor de Deus.”

Isabel é destemida, fala tudo que pensa e não se comporta como uma dama da sociedade. Veste calças, monta a cavalo, concerta telhados. Mas desde a morte da mãe teve que assumir a criação do irmão e os afazeres da casa. Ao longo dos anos, passou a acolher mulheres em situação de risco, e uma delas é justamente a irmã de Raston e a chegada dela colocará tudo que Isabel construiu em perigo. 

Nicholas é o irmão gêmeo de Gabriel, protagonista do primeiro livro. Nick, ao contrário de Gabriel, é mais descontraído, gosta de viajar pelo mundo e descobrir antiguidades. Também rastreia pessoas mundo a fora, e em uma dessas missões vai mudar sua vida completamente.  



Assim como a narração do primeiro livro, continuamos com a narrativa em terceira pessoa. Sarah conseguiu mais uma vez me encantar com seus diálogos e cenas de fazer qualquer um gargalhar. A leitura te prende tanto que quando acabei, já queria mais de Nick e Isabel.

Isabel e Nick são personagens cativantes, mesmo com as teimosias e brigas constantes eles, te levam a uma montanha-russa de sentimentos, porque hora vocês os ama e na outra quer mata-los, bem normal. Aguardo ansiosa o terceiro livro, que venha Juliana!

Resenhado por:
Barbara


1 comentários:

  1. Amei demais. São tantos livro indicados que não conseguirei ler todos e também o bolso não deixa kkk

    ResponderExcluir