Texto: Um Novo Alguém




Sabe, esses dias conheci o meu "novo alguém". Foi assim de forma tão espontânea que ainda não consigo acreditar que é real. 

Nunca fui aquele tipo de pessoa que acha que vai encontrar o verdadeiro amor no mercado ou na rua, sempre preferi acreditar que o destino já está escrito e que acasos não existe, mas você chegou e mudou tudo. 

Sabe, tudo iniciou naquelas conversas sem noção, começou com aquele velho " Oi", e confesso que não sei o que vai se tornar ou quanto tempo vai durar, a verdade é que pode durar duas semanas, dois meses, ou a vida toda, só insistindo para saber.

Mas sempre resta aquela dúvida, o velho medo dele ser como o que foi embora, fica a dúvida e a questão: será que ele não está me iludindo? Quantas têm além de mim?

Ele chegou de mansinho, como quem não quer nada, e a cada hora ganha mais espaço. Você novo, alguém precisa ser diferente, não precisa ser perfeito, só não me iluda como tantos já fizeram. 

Seja aquele pra quem eu vou ligar quando tudo começa a desmoronar, seja aquele que quando eu chorar vai ser o primeiro a me dizer: vai ficar tudo bem! 

Porque novo alguém, não quero mais as lágrimas ou mágoas, só quero a alegria de um dia de sol, a calma de um dia de chuva, os sorrisos de uma tarde ao pôr do sol, e a certeza que todos os dias, sendo eles bons ou ruins, você estará lá. Que você venha para acrescentar e não diminuir, que você venha para ficar e que não me mostre o paraíso e o destrua novo alguém.

Postado por:
Barbara

0 comentários:

Postar um comentário