Texto: Obrigada garoto.






Oi, como você está?


Sabe, essas últimas semanas, tenho pensando em tudo que a gente viveu e lembrei de tantas vezes que te liguei e você não atendeu, das inúmeras vezes que eu chorei por você, das noites mal dormidas, e das muitas brigas, porque, garoto, você sabe que não foram poucas.


Porém, também lembrei dos seus beijos, dos seus carinhos e das mensagens de " Bom dia 💜" . Como esquecer, se ainda guardo todas elas? Mas não vim aqui para te cobrar nada. Nessas idas e vindas, brigamos e amamos, sorrimos e choramos, mesmo sem ter nada oficial. Sabe a frase daquela música "não somos amantes, mas somos bem mais que amigos", isso é muito a nossa cara. Garoto, mesmo sem você nunca ter assumido nós dois, nunca ter vindo aqui em casa e declaro a todos que eu era sua e você era meu, mesmo sem tudo isso, nós nos amamos em nosso pequeno infinito.

Lembrei também da sua cena de ciúmes no bar da sua cara de raiva só por ver outro cara fazer carinhos e dizer as coisas que você nunca me disse, garoto. Daí o beijo foi a gota d'agua pra você.
Você gritou para quem quisesse ouvir: " Tirar a mão da minha mulher". Confesso que nessa hora eu gelei, não pela briga ou seu ciúmes conhecido, mas sim pela frase dita sem restrição. Sem nada. Só você ali me dizendo que eu era sua. Então eu fui embora. Foi demais para mim aquela frase. Foi forte demais pro meu coração machucado aguentar.

Enquanto eu corria, escutei sua voz me dizendo para parar, mas não parei. Eu não podia fazer isso comigo novamente, de novo não. Então você me alcançou, me puxou para um beco escuro e disse:

" - Por que você fugiu? Por que não parou quando eu pedi?

Eu engoli a bile na garganta e disse:

 - Porque eu não quero sofrer de novo, não quero mais viver assim. - gritei - Por que você não me assume, porra?

- Sabe por que não te assumo? Porque não quero estragar o que nós temos! Somos mais felizes assim. Só você não consegue ver que mesmo estando distante, eu não penso em outra coisa além de você, não quero dividir a minha felicidade com o mundo, só com você"

Naquele dia ficamos a noite toda nos amando, guardando cada momento como se fosse o último, porque no fundo sabíamos que não ia durar. E durou viu, dois longos e maravilhosos anos

Então garoto, obrigada pelos sorrisos, pela preocupação, pelos gols, pelos beijos e noites dormindo juntos e não dormindo. Obrigada por cada mensagem de " bom dia", obrigada pelas canções cantadas quando eu estava triste, obrigada por ficar acordado comigo quando eu tinha insônia, obrigada pelas flores arrancadas dos jardins alheios, obrigada pelas muitas brigas e lágrimas que só tinha um final: a cama. 

Obrigada, porque mesmo com todas as idas e vindas a gente foi feliz, a gente amou e sofreu, porque no fundo a gente não queria admitir, que já não sabíamos viver um sem o outro, ninguém se rendeu e a gente sofreu, no entanto tudo valeu.

Se a gente tiver que ser, a gente será, o destino a de nos juntar garoto. E se não for? Bem você segue seu caminho e eu vou seguir o meu. Nosso " relacionamento" foi bom enquanto durou. Espero que você sinta o mesmo, porque foi amor garoto, mesmo que de verão...

Ps: Meu primeiro texto, feito com amor e carinho. Espero que tenham gostado... 


Postado por:
Barbara

7 comentários:

  1. Texto perfeito! Você escreve super bem!

    ResponderExcluir
  2. Amei bunita! Que bom que começou a compartilhar com a gente <3

    ResponderExcluir
  3. Que lindo!!!!!! Ameiiiiii💓 você escreve muito bem👍👏

    ResponderExcluir
  4. Que lindo!!!!!! Ameiiiiii💓 você escreve muito bem👍👏

    ResponderExcluir
  5. Amei amei! Poxa você escreve muito bem, ansiosa pelos próximos textos por favor!

    ResponderExcluir