Resenha: Profundo

Autor(a): Robin York 
Editora: Arqueiro 
Ano: 2016
Páginas: 320 
Nota: 4/5 
Sinopse: Caroline Piasecki vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. De uma hora para outra, sua reputação é arruinada e o futuro promissor que a aguardaria após a faculdade já não parece tão garantido. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, procura se defender da multidão de pessoas que a julgam. 
Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa e dá uma surra em seu ex-namorado, tudo muda. À primeira vista, West Leavitt é a última pessoa de quem Caroline deveria se aproximar – ele tem um ar sombrio e ganha a vida de forma ilícita. Ela, por sua vez, é o tipo de garota que West sempre tentou evitar. Rica e privilegiada, jamais entenderia as dificuldades pelas quais ele já passou. Mesmo com todas as diferenças, os dois se tornam amigos. Com Caroline, West sente que fará de tudo para ser um homem melhor, e ela encontra nele a força para reagir. Quando parece impossível resistir à paixão avassaladora, West e Caroline descobrem que às vezes a única opção que resta é ir mais fundo.



Um desastre pode unir duas pessoas diferentes? Caroline e West irão descobrir que nem tudo na vida são flores.

Em Profundo, conhecemos Caroline, uma estudante de Direito que meses antes das aulas voltarem tem suas fotos intimas com o ex-namorado postadas na internet. Quando tudo parece está perdido ela se aproxima de West, que lhe mostrará que nada está arruinado, mas que ela terá que encontrar um jeito de recomeça.




Inteligente, independente, líder essa Caroline ou Caro. Depois do incidente com as fotos Caro passa a ter medo de colocar uma roupa curta, temendo ser chamada de “vadia”, também adquirir uma mania de perseguição, achando que todos virão suas fotos ou que estão falando dela. 

Curioso, inteligente, esse é West, cresceu achando que não era merecedor de um final feliz, que finais felizes não existem para caras como ele. Aos dez anos teve que assumir o cuidado da irmã, pois sua mãe nunca estava presente.

A narração é feita em primeira pessoa, com visões de West e Caroline. A narrativa é bem intensa, colocando os sentimentos de ambos de forma verdadeira e simples. A capa traz Caroline abraçada com West, ficou simples, mas aquele simples que te atrair.


Profundo traz um alerta sobre Revenge Porn (Vingança Pornô) que é muito frequente nos EUA. E mostra como o número de vítimas só aumenta e as leis não são modificadas. O assunto foi muito bem colocado pela autora, mostrando como esse tipo de situação mexe com o psicológico da vítima. Profundo, teve algumas cenas que não foram tão exploradas pela autora, mas nada que prejudique a leitura. 


Resenhado por: Barbara

2 comentários:

  1. Gostei da resenha! Deve ser muito bom esse livro xD vou ler também.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir