Resenha: Depravado

Autor: Jaimie Roberts
Editora: Bezz
Ano: 2015
Nota: 5/5
Páginas: 300
Sinopse: A maioria dos contos de fadas termina com um “felizes para sempre”.
Este não é um conto de fadas. Ele não é um príncipe encantado que vai levá-la em direção ao pôr do sol. Esta é uma história sobre traição, luxúria, desejo e, em última análise, vingança…

E a vingança só pode conduzir a uma coisa.

Tyler: Ele era um estranho, meu visitante, a sombra no canto do quarto. Ele me perseguia, me observava, sabia tudo sobre mim. Mas tudo que eu podia fazer era sentar e esperar. Esperei que ele me visitasse, noite após noite. Ele estava se tornando o meu vício, meu desejo, minha obsessão. Ele conhecia cada centímetro do meu corpo, mas eu não sabia nada sobre ele.
Ele se autodenomina Lótus e, tão maluco quanto possa parecer, acho que estou me apaixonando.
DeanEu queria pegá-la, possuí-la, dominá-la e arruiná-la. Eu queria violentá-la, agradá-la e consumi-la até que eu não pudesse sugar mais nada dela. Ela vai querer que eu a beije. Que a segure durante toda a noite para que ela tenha uma conexão comigo. Eu gostaria de fazer isso, quando ela me procurasse na escuridão. Ser aquele que satisfaz sua maior fantasia. Um estranho que foge para o quarto dela. Alguém que lhe dá o máximo prazer, mas também busca o seu maior sofrimento. A dor que ela nunca teve que suportar. A dor que irá corroê-la até que não haverá mais nada.
Ela era a minha inimiga, eu era o seu lótus. E a vingança é uma merda.




Uma vingança, dois amigos, um amor de infância, quem saíra ferido?

Em depravado, conhecemos a história de Tyler e Dean, eles se conheceram quando eram crianças, ela tinha 6 anos e ele 10, tornaram-se amigo de imediato depois que Dean defendeu Tyler de um menino que implicava com ela. Eles continuaram amigos por muito anos e a paixão deles só cresciar, mas uma carta os separar, Dean promete voltar para Tyler, mas quase 15 anos depois e ele nunca voltou, ou é o que ela pensa.

"Andando em meu apartamento, eu imediatamente notei. Minha caneta. Deixei-a sobre a mesa da sala de jantar, e agora ela havia sido colocada de volta à minha escrivaninha. Isto estava lá em negrito como bronze. Ele podia muito bem ter pendurado um - eu estou aqui! - na minha parede" 

Durante três anos Tyler receber a visita do “meu estranho” que limpar seu apartamento e trocar seu papel higiênico de lugar. Vencida pela curiosidade ela decide conversa com o estranho e deixa bilhetes pela casa , mas logo ela descobrirá que ele está ali para domina-la e ninguém poderá fica no caminho dele.

Inteligente, independente, essa é Tyler, ela é guerreira e está sempre correndo atrás dos seus sonhos, defendo aquilo que ela acha certo. Trabalha como jornalista, nunca aceitou ajuda dos pais, ama seus amigos, mas um deles ela ama tão profundamente que ainda nutre esperanças de reencontra-lo.

“ Alguma vez você já ouviu o ditado “ser traído é uma das mais valiosas lições que a vida pode ensinar? ” Bem, isso me resume em uma merda de poucas palavras."

Vingativo, inteligente, dono de um império, esse é Dean, homem que jurou vingança a cada pessoa que ajudou a matar seus pais, e que arquitetou durante anos a destruição da principal culpada, aquela que partiu seu coração em pedaços, ele jurou quebra-la da mesma forma e fará de tudo até conseguir.

A narração é dividida entre Tyler e Dean, e em cada começo de capitulo da narrativa de Dean tem frases sobre vingança. A narrativa é chamativa, te convida a ler e a querer descobrir o que acontecerá quando Tyler soube da verdade.  A capa traz Dean com seu capuz e sem rosto, pois é como Tyler o ver durante os três anos, assim trazendo o mistério do livro para a capa.

Depravado não tem um clichê, e sim uma história sobre vingança e traição, fiquei imaginando até onde eu mesma iria por uma vingança, se eu chegaria o nível de Dean. Cheguei à conclusão nenhuma, mas entendi os motivos dele afinal perder os pais de forma tão cruel não é fácil. 

Esse livro mostrar como ás vezes temos julgamentos errados de muitas situações e que a falta de diálogo pode causar estragos na vida das pessoas ao nosso redor. Depravado foi com certeza uma das melhores leituras de 2016. Recomendo para quem gosta de um romance com ação. 

Resenhado por: Barbara 

1 comentários: